No meio do stress e das rotinas..

Foge, hoje olhei para o blog e apercebi-me realmente dos dias que não posto nada novo aqui, também testes atrás de testes, prazos a cumprir para a faculdade não permitem muito mais, o que vale é que amanhã é feriado e surgiu-me algum tempo para por isto em dia.
Mas o que falar?
Epa, das poucas coisas que faço regularmente, e que independentemente de estar ocupado ou não, é a musica, e durante as aborrecidas viagens de autocarro de ida e volta da facultis dá sempre para escutar algo.
E o que é que se anda a ouvir por aqui?
Pois, na realidade, muita coisa tem passado por estes ouvidos, passemos aos exemplos


Falsalarma- ‘Alquimia’
Este álbum está alguma coisa de impressionante, eu pessoalmente sempre curti ouvir rap espanhol, não sei porquê, acho que é uma língua em que o rap soa mesmo bem, as palavras tem uma fluidez fantástica e uma entoação ainda melhor, e julgo que neste álbum isso verifica-se ás mil maravilhas. Para não falar dos dois mc’s de serviço que parecem metralhadoras a botar rimas cá para fora e os produtores também estão de parabéns. Checkem que vale a pena pois ‘nuestros hermanos’ tem coisas bem interessantes para além do futebol.

Black Milk- Popular Demand
Quando comecei a escutar Black Milk , já sabia da sua reputação, isto é, era tido como sucessor legítimo de J.Dilla, porque tanto cresceu nas mesmas ruas de Detroit, como também já foi um dos produtores de um ou dois álbuns de Slum Village.
Quando o ouvi, pareceu-me demasiado copy paste do J-dilla, mas depois fui-me apercebendo que este mc/produtor consegue fazer coisas de bom nível, apesar de não ser tão inventivo quanto JAY-Dee,no entanto os seus skills no mic surpreendem e podemos estar perante mais um elemento credível da nova escola EUA, juntamente com Lupe Fiasco é daqueles que me tem cativado mais.

Muneshine- A walk in the park
Disco de instrumentais de bom nível, daqueles que dá gosto ouvir, batidas que ficam no ouvido e pomos o discman a repetir a faixa indefinidamente, doses de Jazz , Funk, Soul q.b….( não sei porquê, mas quando o ouço dá me sensação que estou a ouvir o álbum de instrumentais do Stk, e isso só pode simbolizar qualidade)

Dj Núcleo- Arrastão verbal
Trabalho de Dj é muito do que não se encontra, tirando álbuns de N’elassassin, Cruz, Kronik e outros que me possa esquecer, são trabalhos demasiados pontuais e sem grande projecção (os Djs hoje em dia são um pouco negligenciados na minha opinião), mas mais uma vez este álbum vem provar que daqui continuamos a escutar boas cenas e um rol enorme de participações de peso que trazem ao álbum outra mágica.

Clã da Matarroa- conversas de café
Para muitos o álbum pode parecer deveras esquisito, por vezes demais, mas eu curti muito a onda que ele transmite, é algo que não é entendido á primeira, mas o álbum também leva-nos a escuta-lo novamente e satisfazer a nosso intelecto. Para quem está a habituado aos Matozoo, não vai estranhar muito. No entanto o que é certo é que o álbum está alternativo quanto baste, bem ao estilo indie americano algo que não se verifica muito por estas bandas.

Consequence-Don’t quite your day Job
Albunzito com dedo claríssimo do Kanye West e seus camaradas, basta olhar para as colaborações e a sonoridade de todo o álbum, este transpire a musicalidade dos samples que Kanye colocou novamente na berlinda, embora Consequence se exiba a um nível considerável, aproveitando e bem, aquilo que Kanye lhe forneceu.
Marcou pontos na minha consideração.



E o que é que ainda vai rolar por aqui:
Sinceramente quero ver no que dão álbuns como por exemplo:

JAzzmatazz 4
Sound catcher de Dj Vadim
( este até agora tem me seduzido, muito eclético)
Snowgoons
Definitive Swim
Saison 5 dos veteranos franceses IAM
(um amigo meu está-me farto de dizer que está uma coisa de outro mundo)


E mais……e mais……..
o que mais me atormenta neste momento é o facto de saber que os DZrt e Mundo Secreto vem á Queima do POrto 2007...e o facto dos HAterama nao actualizarem o blog deles há imenso tempo, aquilo era o GAto Fedorento do HIPHOP, grizei.-me á brava com a cena do SuperShore na Frutaria e os seus niggas, mais o fantastico pormentor do abacaxi a 99 cêntimos.

Acho que fico por aqui
Em breve novidades e um Epzito para a malta sacar….


Ahhhh
Fikem com este vídeo, tá do c*****o

Marco Polo - Nostalgia ft. Masta Ace
http://www.youtube.com/watch?v=Eoy36iTmXS4&eurl=


Fikem bem
A.Silva

Comentários

Bruno disse…
Uma semana sem haver aqui um post é muito tempo... chego a desesperar meus caros! ahah

-Black Milk: ouvi só assim por alto, mas também não me despertou grande atenção, tenho de tentar ouvir melhor;

-Muneshine: ainda não ouvi este, mas à partida tudo o que vem associado ao seu nome tem aqui o meu selo de aprovação, pelo menos assim foi até agora. e ainda pra mais com essa descrição que ai fazes... lol

-Clã da matarroa: é mesmo uma cena alternativa, bem ao estilo do que é o colectivo Matarroa. Adoro esses gajos! ahahah

-Consequence e Jazzmatazz vol.4 já os tenho mas ainda não tive disponibilidade para ouvir... espero ser surpreendido.

De resto ou ainda não ouvi ou nem conhecia.
Quanto a isso da queima, digo-vos que ao contrario de voces estou bastante contente por ver Mundo Secreto a partilhar, finalmente, o palco da queima com Da Weasel e que para além disso, eu vou estar lá na primeira fila a dar o meu apoio. Não se pode agradar a toda a gente. Cada um com os seus gostos. É assim a vida.

Peace
vince disse…
Primeiro...FUCKING queima! tenho a mesma opinião do primouz a.silva...
d'zrt e mundo secreto nao me cativam...nem o resto do cartaz, apesar de da weasel soar-me bem ao ouvido! alias no ando passado o concerto deles na queima valeu bem a pena de ir..boa interacção cm o publico! etc....da weasel aprovado a 100%


quanto a IAM! opah tá a partir... os beats são do c******... e as letras no comment ninja!

bom trabalho primouze's!
abraços e bjinhos! LOl
Nicolau disse…
Epá sinto a vossa dor! Cada vez que olho para o meu blog sinto cá uma raiva de não ter tempo mas principalmente inspiração para escrever lá... :(

Mas isso é que é boa música a girar sim senhora :D Adorei a cena do Marco Polo (ainda não conhecia). Quanto aos restante álbuns, ainda me falta ouvir Muneshine e Consequence. O Jazzmatazz 4 desiludiu-me imenso.. não curto nada as produções :/

É a thug life!