James Brown ‘The Godfather of Soul’ (1933 – 2006) R.I.P


Se calhar perguntam-se o que aqui faz um post sobre este senhor. Um sinal de grande respeito foi o que me levou a destacar esta lenda que revolucionou a soul music, o funk e consequentemente do Hip Hop para além destes laços intermusicais, não podemos esquecer a quantidade de vezes que este artista foi samplado, estabelecendo uma ligação incontornável ao Hip Hop (se ele era o mestre ou o pai do Funk, certamente que o HipHop era seu neto legítimo).
É em alturas como esta em que o repetir das notícias nos mostra constantemente a associação de nomes como J.Brown e Hip Hop (blogs, jornais, revistas, noticiários,sites).
É em alturas como esta que compreendo porque é que a Hip Hop Nation tinha uma secção ‘ Classical Zone’ que era das únicas que nem sequer olhava na altura e agora leio e releio.
É em alturas como esta que vejo a necessidade de estudar as raízes, o tronco e as ramificações que originaram o fruto (Hip Hop).
É em alturas como esta que percebemos que a música quando é excepcionalmente boa é intemporal e por isso é uma arte.
É em alturas como esta que entendo que certas pessoas devem utilizar o seu estatuto para fazer um mundo melhor.
É em alturas como esta que comparo os ícones do presente com o passado e vejo J.Brown esquecido e 50Cent idolatrado.
É em alturas como esta que vejo ideias trocadas e ideologias baralhadas…
Eh pááááááá….que é isto? Estou a dar em poeta ou filósofo...LOL…é melhor ficar por aqui…

Para finalizar fica aqui um vídeo de homenagem (porque a alegria era uma das suas doenças contagiosas em palco)


PS: Já agora uma curiosidade.
Está prevista realização de um filme sobre a vida do malogrado J.Brown, cujo nome será ‘Godfather of Soul’, e rolam boatos que será Usher a interpretar a personagem principal.
Fiquem bem
A.Silva

Comentários

Fresh disse…
ok o rei do soul!


existe uma coisa nas pessoas que quando as pessoas morrem passam logo a ser umas santas.

sim é o pai do soul tem um magnifico trabalho disso ninguem duvida.

só gostava q nao esquecessem q o sr foi preso dezenas de vezes, andava com armas ilegais, consumiu muita droga, batia em mulheres.. etc etc


cumprimentos aos primouzz

;)
PRIMOUZ disse…
isso é verdade,e conheço tudo isso, mas a homenagem é para a parte musical que respeito, mas quanto a sua postura fora da música esteve longe de exemplar...
prefiro destacar as coisas boas e partir para reflexões sobre coisas que realmente interessam como compreensão das origens, quanto ao resto estoude acordo contigo e nao posso negar que ele tinha um pouco de mau feitio....LOL
gande abraço